7 Dicas Para Criar Um Canal De Sucesso No Youtube

Há muito tempo o Youtube deixou de ser apenas uma plataforma de hospedagem de vídeos amadores, para virar uma grande rede social.

Atualmente ele possui um grande alcance e, assim, o nível da produção de muitos canais foi se elevando.

Um insight divulgado pelo próprio Youtube/Google em 2017, mostrou diversas informações, uma delas que no Brasil a rede social é acessada por 95% da população, ao menos 1 vez por mês.

Um número muito expressivo, não acham?

O reinado do Youtube é avassalador, e claro que com todo este sucesso, muitos criadores de conteúdo conseguem tirar uma boa renda, não só dos anúncios da plataforma, mas, por outros motivos que vieram graças a visibilidade que ganharam.

Assim como qualquer outra rede social: grandes, médias e pequenas empresas, conseguem ter seu espaço.

A variedade de temas que podem ser encontrados é enorme, dando chance para qualquer empresa, seja qual for o ramo de atuação, desenvolver conteúdo próprio e alcançar seu público alvo.

Ficou interessado? Então fique de olho nas dicas imperdíveis que daremos para você criar um canal de sucesso no Youtube!

Um notebook com a página do Youtube aberta

Apresentando o Youtube

Diferente de seus concorrentes, o Youtube é uma plataforma exclusivamente para vídeos.

Todo conteúdo postado nesta plataforma é neste formato, seja no estilo tradicional, live streaming e Stories (sim, até o Youtube também aderiu este formato).

Existem certas restrições do que você pode mostrar ou não (principalmente sobre direitos autorais), só que em um âmbito geral, você tem uma boa liberdade para produzir o que quiser.

Em questão de tempo de vídeo, no começo há um limite, mas depois que você passa isso… digamos que o céu é o limite.

E isso vale também para o tipo do tema abordado, pois você encontra de tudo:

  • Música
  • Tutorial
  • Comédia
  • Entrevista
  • Filmes
  • Esporte
  • Debate
  • Podcast
  • Games
  • Receitas

É uma infinidade de conteúdo, na qual é possível passar horas e mais horas assistindo por puro lazer, objetivos profissionais, ou apenas estudar.

Qualquer pessoa pode criar um canal no Youtube hoje e postar vídeos.

Todavia, é preciso ter uma série de cuidados, planejamento, bons equipamentos, etc.

Por este motivo, vamos dar dicas importantíssimas para seu canal prosperar da maneira desejada.

1. Antes de começar

Antes de mais nada, você precisa se fazer 6 perguntas: o que, quem, quantas, onde, por que e como.

Cada uma é essencial para desenvolver sua estratégia neste começo, mantendo você focado em aspectos cruciais para a evolução do seu canal.

  • O que: A pergunta mais básica que você precisa saber a resposta é sobre o conteúdo que deseja criar. Um usuário comum pode escolher dentre diversas opções, já no caso de alguma empresa, seria melhor focar em conteúdo que tenha relação com sua área de atuação.
  • Quem: Saber quem é que vai assistir seus vídeos. O seu tipo de conteúdo atrai muita gente, ou é algo mais de segmentado? Saiba o perfil das pessoas que tem interesse no tipo de vídeo que deseja produzir.
  • Quantas: Ser original é algo que chama mais atenção, pois ficar na mesmice não atrai nem mantem uma boa audiência. Observe quantas pessoas já fazem o tipo de conteúdo que você pretende fazer.
  • Onde: Seus objetivos. O que você espera conseguir com seu canal no Youtube, onde você quer chegar?
  • Por que: Tenha certeza do motivo desta nova empreitada. Sempre guarde consigo o por que você está criando o canal, sua paixão pelo assunto a ser trabalhado, origem, etc.
  • Como: Quando se produz conteúdo, seja ela qual for, é inevitável buscar melhorar sempre. Quanto mais refinada estiver sua produção, mais o seu público vai valorizar o seu trabalho e esforço. Então, pesquise maneiras de como melhor seu conteúdo cada vez mais.

2. Nome do canal

O nome é a primeira porta de entrada para muitas pessoas, e uma boa maneira de ter o seu canal divulgado através do Marketing boca a boca.

Por isto, é algo que demanda esforço e bastante tempo para elaborar algo.

Nada muito complexo que seja difícil memorizar, nem simples demais que passe a impressão que o seu canal é só mais um na multidão.

Pense em algo criativo, que fique na cabeça das pessoas de uma maneira bem fácil. Claro que precisa ter algo relacionado a você ou o tema do canal.

Anote suas ideias e mostre para seus amigos. Pergunte qual é o preferido deles, como você pode melhorar, o que está faltando, etc.

No final, quando estiver definido o nome, trate de garantir total posse desta sua nova propriedade.

Crie contas em outras redes sociais para garantir o nome de usuário. Além do mais, você precisa se divulgar em outros lugares, e também é uma forma alternativa de interagir com seus inscritos.

3. Cuidados com o perfil

Dando prosseguimento na parte visual do canal. Existe uma série de coisas que você precisa se atentar, antes mesmo de começar a postar os vídeos.

Quando uma pessoa entra no canal de alguém, há três elementos que saltam os olhos logo de cara: nome do canal, foto de perfil e capa.

Como já temos um nome definido, agora chegou a hora de brilhar na parte do design.

Imagem da página inicial do canal "Camila Porto". Mostrando como é sua foto de perfil e imagem de capa

A foto de perfil é bem pequena e em formato circular.

Dependendo do nome do canal, seria interessante criar um logotipo ou editar uma foto sua e colocar.

Isso varia de canal para canal, só não coloque qualquer tipo de foto e principalmente, escolha uma imagem em boa resolução.

O mesmo vale para a capa. Sua dimensão é bem mais larga, então dá para trabalhar um pouco mais o visual, desenvolver algo criativo.

Dando continuidade, existe também a opção de personalizar a thumbnail dos vídeos.

No caso a thumbnail é a imagem que fica destacada em cada vídeo, na qual o dono do canal pode escolher manter alguma imagem aleatória que aparece naquele vídeo ou inserir uma outra imagem.

Quanto mais personalizado, melhor a impressão que o seu canal passa.

Para saber as dimensões exatas para trabalhar em cima das imagens, basta acessar nosso post, clicando aqui.

4. Nada de produção amadora

Você pode ser novo nesta área de produção de vídeo, mas isso não quer dizer que você não possa fazer vídeos de qualidade.

Hoje em dia é fácil conseguir uma qualidade mínima para criar conteúdo em vídeo.

Muitos celulares possuem câmeras que gravam bem tanto a imagem, como o som.

Sem precisar investir tanto no começo.

Uma mesa contendo dois monitores, um microfone profissional, headset, teclado, mouse, notebook e uma mesa de edição de audio.

Agora, um canal que deseja crescer, precisa continuar melhorando.

Para isto, é preciso uma câmera profissional, cuidados com iluminação, som, tom de voz, edição, etc.

Sim, é preciso ter bastante cuidado, e vai sair um pouco caro para o bolso, mas estas melhorais são feitas com o tempo.

O que ninguém deve fazer de maneira alguma é postar vídeos com imagem horrível e um som inaudível.

Certamente isto causa uma má impressão, falta de profissionalismo, que vai custar inscrições para a pessoa.

Este é um aspecto delicado.

Tenha um mínimo de qualidade, escreva sua pauta antes de gravar e fale em alto e bom tom.

Para quem está começando, já é uma forma de mostrar um bom serviço e passar confiança ao usuário.

5. Planejamento

Qualquer projeto não vai para frente sem que haja um planejamento.

No Youtube é bom manter uma regularidade nos vídeos, caso queira manter sua audiência.

Porém, vídeos dão um trabalho extra para serem produzidos, o que dificulta este aspecto, e então vem o planejamento para resolver este empecilho.

Alguém escrevendo em um caderno, enquanto toma café e prepara algo no notebook

Seu objetivo é manter seu canal em atividade e evoluir? Então faça coisas do tipo:

  • Anotar ideias interessantes para criar seus vídeos.
  • Montar um cronograma de postagens.
  • Criar títulos atraentes.
  • Estar antenado sobre as novidades, tanto da plataforma quanto do tema de seus vídeos.

6. Cuidado com direitos autorais!

Muitos canais produzem um excelente conteúdo, porém muito do que eles utilizam, às vezes não é de total autoria, ou não tem oficializado os direitos para usufruir de alguma imagem, vídeo, música.

O Youtube pega pesado neste sentido, e caso a pessoa insista é capaz de ter seu canal excluído.

Então, é interessante que você use apenas conteúdo 100% autoral.

Tanto nas imagens e músicas.

Claro que existem maneiras de utilizar elementos com direitos autorais, caso você não tenha alternativa.

Basta pesquisar que você encontra técnicas de usar este tipo de conteúdo sem ir contra as regras da plataforma.

Em todo caso, tente ao máximo utilizar algo totalmente original, para não ter problemas.

7. Maneiras alternativas de monetização

É de conhecimento geral que é possível ganhar dinheiro com o Youtube.

Muitos pensam que é somente com a monetização do vídeo e através das propagandas.

Todavia, dá para ganhar de formas alternativas e até beneficiam seu alcance.

Quem acompanha bastante esta plataforma, repara que muitas empresas fazem patrocínio junto de algum criador de conteúdo.

Os dois lados ganham com divulgação, e o dono do canal pode ficar com o produto que a empresa está divulgando, ou ganhar comissão para cada compra feita através do link específico divulgado pelo canal.

Loja de produtos do Youtube "H20Delirious". Dentre os itens estão: camiseta, clusa, acessórios,etc

Youtubers grandes também conseguem vender produtos específicos relacionado ao canal: camiseta, caneca, blusa, pôster, etc.

Fazendo parceria com alguma loja online deste setor. É uma prática bem comum.

Outra alternativa que ajuda diretamente o produtor de conteúdo são os sites de financiamento coletivo.

Muitas vezes, é complicado manter um canal no Youtube e conseguir sustentar só com este meio.

Ainda mais no inicio que você não tem muita visualização.

Por este motivo, muitos aderem a sites de financiamento, pedindo quantias baixas para poder manter seu canal ativo e poder investir mais no seu conteúdo.

Print do site "Padrim". Um site de financiamento coletivo.

Divirta-se com seu público

Siga estas dicas para conseguir criar um ótimo conteúdo e ganhar uma grande base de seguidores.

Um último elemento na qual é preciso se atentar é… se divertir!!!

Não se sinta obrigado a fazer vídeos, isto só vai te desanimar e acaba refletindo na sua produção.

Faça algo que te de prazer!

Com este pensamento e seguindo estas dicas, seu canal tem tudo para dar muito certo!

Espero que tenham gostado do post de hoje, não deixe de compartilhar o texto com seus amigos, ajuda bastante.

Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, o espaço de comentários está aí para isso.

Continuam acompanhando o blog que temos conteúdo novo toda a semana.

1 comentário sobre “7 Dicas Para Criar Um Canal De Sucesso No Youtube”

  1. Pingback: Bitly: Como Utilizar Esse Encurtador de Links! - THAIS NOBILE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *