Qual o momento certo para fazer anúncios patrocinados?

A internet é uma potência sem fim na hora de proporcionar uma maneira de divulgação gratuita, onde qualquer individuo pode ganhar uma audiência de maneira totalmente orgânica.

Seja na criação de um blog ou de um perfil nas redes sociais.

Entretanto, chega um determinado momento em que talvez esse alcance já não é mais tão generoso.

O alcance com o tempo pode acabar caindo, pode ser até que desde o começo você não consiga a divulgação necessária.

Cada caso é um caso, mas chega o dia no qual é essencial fazer anúncios patrocinados.

Por mais que as redes sociais possam ser acessadas gratuitamente por todo mundo, elas precisam ganhar dinheiro de alguma forma — já que nenhuma empresa sobrevive sem remuneração.

Sendo assim, essas redes ganham com anúncios pagos, o que gera um alcance tremendo, comparado com o orgânico.

Então, neste post, vamos falar um pouco mais sobre:

  • O que é um anúncio patrocinado;
  • Qual o momento certo para tal ação;
  • Aonde fazer;
  • Como o Facebook anda matando o alcance orgânico;

Continue aqui conosco que o texto é crucial para sua estratégia de Marketing!

Anúncio patrocinado, onde vive e do que se alimenta?

Sua empresa que ainda não havia adentrado ao mundo da tecnologia voltada para o Marketing, decide finalmente tomar este passo adiante e criar perfis nas redes sociais.

Começa um trabalho árduo de produzir conteúdo relevante, edição de imagem e estratégias.

Contudo, os resultados nunca são satisfatórios, você apenas consegue alcançar no máximo 100 pessoas no início.

É aí que o anúncio patrocinado vai agir em prol de espalhar melhorar suas publicações para mais usuários.

O número de pessoas atingidas pode até mesmo triplicar dependendo do caso.

Para fazer este tipo de anúncio é preciso investir não só dinheiro, como um planejamento estratégico voltado só para isso.

Lembre-se: Não basta somente injetar dinheiro na plataforma, é preciso saber como fazer corretamente os anúncios!

Cada empresa tem seu modelo de anúncio patrocinado, mas o básico que você precisa saber para começar é:

  • Saber qual é seu público alvo: Nas opções do anúncio, você precisa definir para quem aquela plataforma vai exibir o seu post, e assim como sua estratégica básica, precisa ser voltada para o seu público alvo;
  • Qual o orçamento que você está disposto a investir: O valor também varia dependendo de suas necessidades, é importante realizar uma pesquisa afundo, e definir qual o valor que a empresa está disposta a investir;
  • O tipo de publicação que mais atrai esse público alvo: Caso você esteja esbanjando dinheiro, e não se importante em gastar, ótimo! Patrocine quantas publicações quiser. Porém, para as pequenas e médias empresas, é bom ter noção de qual publicação vale mais a pena “turbinar”. Melhore o alcance daquele post que você sabe que os usuários vão se interessar mais, comentar, compartilhar, etc;

Requer um bom tempo de testes e estudos para saber exatamente o que fazer, mas… quando você deve usufruir desta opção?

Quando chega a hora de mudar os planos

É importante frisar que o método orgânico possui suas próprias estratégias para que dê melhores resultados, ou seja, se no seu caso não está dando certo, talvez o motivo está na forma com o que você administra suas publicações.

Porque para saber quando utilizar do anúncio patrocinado, vai depender de alguns fatores.

Primeiro de tudo: como estamos falando de um perfil empresarial, certamente que o seu objetivo é conseguir mais compradores do seu produto ou serviço, nesse cenário a opção de anúncio patrocinado é quase inevitável.

Afinal, tendo mais pessoas visualizando seus posts, a chance de alguém converter e comparar algo, é bem maior.

Sem contar que as ferramentas disponíveis para acompanhar o desempenho dos seus anúncios, ajudam bastante para mensurar e otimizar suas campanhas, deixando ainda mais assertivo em quem você deseja atingir.

O problema dessa estratégia, é que as empresas, geralmente, sabendo que você tem potencial para gastar mais na plataforma, começam a diminuir seu alcance orgânico, fazendo com o que você acabe gastando mais e mais.

Um choque de realidade né?

Manter o equilíbrio

O mais indicado para um perfil empresarial, seria manter um equilíbrio entre o orgânico e pago.

Mesmo que o alcance orgânico for diminuindo, o seu objetivo no final das contas é conseguir vender. E não necessariamente você vai acabar perdendo seu público.

Tudo vai depender da sua estratégia. Sua marca é pequena e deseja alcançar uma audiência primeiro? Invista totalmente no orgânico, e depois comece a criar anúncio patrocinados.

Tem dinheiro de sobra logo no começo?  Então foque seu investimento nos posts de venda e divulgação da marca, enquanto os demais deixe fluir naturalmente.

Qualquer estratégia de Marketing Digital requer um planejamento aprofundado e este caso não é diferente.

Aonde fazer seus anúncios

Vamos adiantar um pouco para vocês e mostrar onde encontrar a opção de anúncio patrocinado do Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn.

Caso queiram dicas de como anunciar em cada uma dessas redes sociais, basta falar aí em baixo na área de comentários!

Facebook & Instagram

Como nosso querido Mark Zuckerberg é dono das duas redes sociais, o caminho para anúnciar é o mesmo para ambos. Basta acessar o site Facebook para empresas.

Dashboard do Instagram Business

Clicando em “criar um anúncio” você vai entrar na página de gerenciamento de anúncios.

Aqui é onde a mágica acontece, onde você irá adicionar todas as informações e dados necessários para criar o seu anúncio patrocinado.

Eu poderia ficar uma semana aqui falando sobre os tipos de anúncio existentes nesse gerenciador, porém, esse não é o foco do post e trata-se de um assunto mais denso.

Twitter

Na página do Twitter, você vai clicar no seu perfil e depois na opção “Twitter Ads”.

Após selecionar o seu país e fuso horário, a página do Twitter Ads vai abrir, contendo diversas opções de anúncio:

Print da página de Ads do Twitter

Acessando uma dessas formas de campanha, não será muito diferente do que já vimos na parte do Facebook.

Temos algumas informações de: como funciona aquele tipo de anúncio, dar um nome para a campanha, valor do orçamento, data, etc.

Páginas de informação sobre o anúncio desejado

LinkedIn

No LinkedIn é o mesmo tipo de site Business.linkedin, ou apenas pesquise por “Linkedin Ads” que você encontra o site de anúncios da plataforma.

E como o modelo é igual aquele tipo de “site institucional”, estão dispostas diversas informações sobre o serviço de anúncios, suas vantagens e função.

Página insitucional do LinkedIn Business

Dica: Como os anúncios no Linkedin ainda não estão muito difundidos os preços de clique e envolvimentos ainda são muito superiores aos do Facebook e Instagram, por exemplo.

Então, se resolver fazer anúncios nessas plataforma, prepare o bolso!

Youtube

Assim como todo outro serviço que o Google oferece, o Youtube também tem sua parte de anúncios.

Seu site exibe bastante informação de como isso funciona e de maneira simples e direta.

O diferencial do Youtube é que ele é uma plataforma onde você só tem um tipo de mídia: o vídeo.

Logo, você tem opções de exibir seu anúncio para algum tipo específico de público, tanto na página inicial, ou antes do início de algum vídeo.

Página inicial do Youtube Ads

Google Adwords

Por último mas não menos importante, temos outro serviço do Google, agora focado para melhorar a visibilidade do seu site.

O Google Adwords tem diversas ferramentas que ajudam o site da sua empresa a ficar melhor posicionado.

Tudo isso baseado no sistema de palavra-chaves, no qual você seleciona previamente, para quando o usuário for procurar algo que tenha relação ao seu negócio, o site aparece entre os primeiros.

Google Adwords é fundamental para seu site, afinal, toda empresa quer ficar na primeira página de buscas do google, não é mesmo?

Print da página principal do Google Adwords

Ganância sobre os anúncios patrocinados?

Como citamos em um dos tópicos, algumas redes sociais diminuem o seu alcance orgânico, a medida que identificam que você tem potencial para virar um “pagante recorrente”.

Depois que é feito o primeiro anúncio patrocinado, o algoritmo da rede social já faz essa identificação.

Todavia, infelizmente, parece que cada vez mais o alcance orgânico perde força.

O Facebook gerou muita polemica quando fez teste para separar o feed em duas páginas, o que prejudicou muito o alcance nesse sentido.

Portanto, é sempre bom ficar atento com suas publicações e tomar medidas para evitar que sua página fique fora da visão de boa parte dos seus seguidores.

Como já falamos aqui, o ideal é equilibrar o orgânico com o pago na sua estratégia.

Mais conteúdo lhe aguarda!

E aí, o que achou do post?

Temos muita mais conteúdo disponível falando sobre as redes sociais:

Tudo isso e muito mais! Basta continuar procurando aqui no blog, ainda mais que toda semana tem posts novos sobre o mundo do Marketing Digital.

Caso tenham gostado, compartilhe com seus amigos que isso ajuda bastante a gente.

Não deixe de comentar; qualquer crítica, dúvida ou sugestão é muito bem-vinda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *