Imagem com vários rostos de pessoas diferentes (vetorizado) com o nome do título

As 12 Diferentes Personalidades Nas Mídias Sociais

Cada pessoa extrai e lida com as mídias sociais de maneira diferente, tendo seu próprio tipo de experiencia.

E como parece que temos mania de catalogar tudo, é obvio que há uma classificação específica para cada grupo de usuários.

Já abordamos — um pouco — esse assunto antes nos posts: “Em qual rede social meu cliente está?” e “Rede social diferente, conteúdo diferente!”.

Dependendo do tipo de rede social, a maneira que é consumido o conteúdo, os tipos de usuário, maneira de interagir, tudo vai variar. Tornando o seu trabalho com Marketing ainda mais desafiador.

Com base nisso, o site “first direct” construiu um infográfico contendo 12 tipos diferentes de personalidades nas mídias sociais, e como vocês são inteligentes, sacaram que é deste infográfico que iremos abordar.

Mas não se preocupe! As informações foram traduzidas pelo pessoal do trampos.co, então quem não sabe inglês ainda poderá consultar.

Entretanto, além de dispor essas informações, daremos dicas do que você consegue aprender e utilizar de estratégia, para “tirar vantagem” das diversas personalidades. Então sem enrolação, prossiga com a leitura!

(Para acessar o infográfico clique aqui)

1 – Os Ultras

Este, no caso, seriam as pessoas viciadas nas redes sociais.

Entrando quando podem (ou não), para verificar o que estão postando, novidades, notícias, aguardando alguma resposta, etc.

Analogamente, é aquele seu amigo(a) que está conversando com você, mas fica com o olho grudado no celular, acessando seu perfil em alguma plataforma de mídia social.

Foto de alguém segurando o celular, enquanto acessa o Instagram

Provavelmente o melhor tipo de usuário para as empresas. Pois ele sempre vai estar nas redondezas para visualizar o conteúdo que você postar.

Claro que isso não significa que vai haver alguma interação, curtida, compartilhamento. Esta é outra questão.

Para conseguir o seu engajamento, é preciso criar conteúdo relevante que seja assertivo para seu público alvo.

Por mais que a pessoa seja viciada em entrar todo o momento em alguma rede social, só vai acontecer algo se houver interesse.

2 – Os Mergulhadores

Indo de contrapartida com os Ultras, os mergulhadores são os mais raros de se encontrar.

Entram de vez e nunca, costumam ficar dias, semanas, quem sabe até meses sem postar absolutamente nada.

O motivo dessa inatividade, varia de pessoa para pessoa.

Mas da mesma maneira que no primeiro tópico, conteúdo relevante pode fazer diferença aqui.

Quem sabe o usuário não passa a entrar só para ver suas postagens?

Todavia, a lição que você deve absorver disso é outra. Em hipótese alguma deixe sua página se tornar uma “página fantasma”.

Ninguém vai querer visitar uma página que tenha postagens tão irregulares, ou que somente posta de mês em mês.

Elas irão acabar esquecendo que você existe.

Os Ultras vão acabar te ignorando, quanto mais os mergulhares… Portanto, mantenha-se ativo!

3 – Os Negadores

São aqueles usuários que tentam passar a ideia de que não se importam tanto assim com redes sociais.

Porém, quando acabam ficando sem, por alguma circunstância, acabam revelando sensações de ansiedade ou se sentindo isolados sem conseguir o acesso.

Não importa o que digam, as mídias sociais têm influência na nossa vida, quer queria ou não.

Tela do celular lotado de aplicativos de redes sociais

Mais e mais pessoas estão se integrando neste ambiente: Facebook com 2,13 bilhões de usuários no mundo; Instagram 1 bilhão de acessos por mês; Youtube bombando de variedade; Sempre estão implementando novas funções, etc.

Qualquer empresa que estiver fora deste meio perde muito, não concorda?

 4 – Os Virgens

Pelo que o próprio nome sugere, é aquele tipo de usuário novato, que ainda não entende muito bem como funciona a plataforma, ou como utilizar as redes socais no ambito geral.

Vale ressaltar que ser “novato” não quer dizer que seja uma criança/adolescente.

Muita gente maior idade (e até mesmo da terceira idade) está começando a entrar nesse mundo tecnológico, e as redes sociais faz parte do processo.

Devido a este fato, a linguagem que for utilizada nas postagens/anúncios, precisa ser clara e bem exemplificada.

Ainda que certos aspectos pareçam ser óbvios, sempre tem alguém que provavelmente vai ter dúvida.

5 – Os Espreitadores

O usuário passivo.

Aquele que tem uma rotina constante de acesso, mas que não interage.

Fica observando tudo pelas sombras….

Raramente se envolvem em algo…..

Obviamente seu objetivo aqui é que interajam!

Não é imposvel alcançar tal feito, mesmo que demanda bastante planejamento e estratégia.

Faça algo diferente para atiçar a vontade desse tipo de usuário:

  • Enquetes
  • Criar um grupo
  • Perguntas
  • Sorteios

Uma mão clicando no botão "follow" ou "seguir"

6 – Os Pavões

Dá para dizer que eles são os “influencers”.

Pessoas com um número massivo de seguidores, fãs e curtidas.

Alcançar um número expressivo de seguidores é uma tarefa complicada.

Alguns conseguem por puro carisma, outros trabalham duro em entregar algo que as pessoas gostem e desejam acompanhar constantemente.

O que as empresas andam fazendo ultimamente é utilizar dessas pessoas para divulgar produtos/serviços.

Uma prática comum que ajuda ambos os lados. Inegavelmente o dono do perfil ganha visibilidade, o produto ou dinheiro.

E a empresa atinge seu público alvo diretamente e também consegue mais visibilidade, resultando em possíveis novas vendas.

7 –  Os Reclamões

Basta apenas dar um pouco de anonimato para certas pessoas, que o caos é instalado.

O típico usuário que só sabe reclamar de tudo e todos, não suporta ter sua opinião contrariada por nada, e não aceitam que podem estar errados.

Nós sabemos como é difícil lidar com esse tipo de usuário. O importante nesse tipo de situação é mantar a calma e saber agir da forma correta.

Primeiro de tudo é bom saber diferenciar quem está fazendo uma reclamação valida ou só disseminando o ódio gratuitamente.

Tente responder a reclamações da melhor maneira possível.

Caso você perceba que a pessoa só está ali para xingar sem nenhum bom motivo, apensas denuncie aquele perfil e bloqueie.

Nunca embarque na provocação, isso pode acabar manchando a imagem da sua empresa.

Símbolo da aba "anônima"

8 e 9 – Os Substituídos & Os Fantasmas

Estas duas categorias, determinam o tipo de usuário que prefere não se identificar.

Os Substituídos são aqueles que mantem sua verdadeira identidade omitira, e criam uma personalidade que existe apenas online.

Já Os Fantasmas, criam perfis anônimos pelo receio de divulgar informações pessoas para qualquer pessoa.

Nesse caso, é preciso que a empresa crie um bom relacionamento de confiança com seus seguidores.

A princípio: ter um design atrativo, bonito e limpo, para que ninguém bata o olho e ache sua página “suspeita”.

Responda os comentários de maneira clara.

Simples passos que fazem o usuário se sentir mais seguro.

10 – Os Questionadores

Por incrível que parece, este tipo de ato conseguiu conquistar um espaço na lista.

No caso, seriam os usuários que querem começar algum tipo de interação, e optam por utilizar perguntas como forma de iniciar tudo isso.

O poder da pergunta…

Vários pontos de interrogação

Talvez o modo mais básico e eficiente de conseguir iniciar uma conversa.

Como citamos to item 5, esta também é uma ótima forma de engajamento. Acredite, dá certo.

11 e 12 – Os informantes & Os Perseguidores de Aprovação

Os informantes: aquele tipo de usuário que tenta ser o primeiro a compartilhar as novidades, dependendo de que assunto lhe interessa.  Podem ser até mesmo influenciadores sobre alguma área, aquelas pessoas que são referências em novidades no assunto/nicho.

O que é quase o mesmo caso dos Perseguidores de Aprovação, esses sempre atualizam seu perfil e post, para conseguir chamar atenção e receber a devida atenção.

Características que predominam bastante na rede mundial de computadores.

Apesar da liberdade, muitas pessoas se sentem mais sozinhas do que nunca.

Ademais que a interação faz bastante diferença para o usuário.

Acima de tudo, ele acaba lembrando afetivamente da sua marca, sobretudo pela sua maneira de tratar seus seguidores.

Ter uma boa relação com seu público é essencial para o seu crescimento.

Qual personalidade você é?

Esperamos que tenham gostado do conteúdo, lembrando que toda semana trazemos algo diferente e bem informativo para vocês leitores.

Sempre dê uma passada aqui no blog para consumir mais conteúdo interessante e útil sobre o universo do Marketing Digital.

Depois de conferir estas 12 personalidades, queremos saber em qual você se encaixa! Deixa aí nos comentários.

E não esqueça de compartilhar com seus amigos, ajuda bastante a gente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *