Capa do post que mostra um frasco de veneno.

Os Perigos de Utilizar as Métricas de Vaidade na Sua Estratégia de Vendas

Todo mundo adoraria ter mais de 2000 curtidas em uma foto, ou até mesmo ter um perfil com 1 milhão de seguidores, não é mesmo?

Sim, isso realmente é muito empolgante e satisfatório!

Porém, preciso te falar uma dura realidade:

Essas métricas não vão te ajudar a medir o sucesso das suas campanhas.

Isso porque essas são métricas de vaidade!

Ou seja, elas servem basicamente para inflar o seu ego, já que na prática, as mesmas não ajudam na efetivação de vendas da sua empresa.

É um erro muito comum as pessoas se dedicarem apenas a esse tipo de métrica.

Muitas empresas deduzem que sua campanha foi um sucesso APENAS pelo número de likes e compartilhamentos.

Saiba que isso pode ser um grande veneno para a estratégia de Marketing Digital da sua empresa.

Por isso, no post de hoje eu vou te contar:

  • O que são métricas de vaidade
  • Quais são essas métricas
  • Quais métricas merecem um pouco mais de atenção

Quer saber quais outros erros as pessoas comentem dentro do Marketing Digital? Clique aqui!

Preparado para um choque de realidade? Então vamos lá!

 

Como assim Vaidade?

Métricas de vaidade são métricas que passam uma impressão de sucesso, porém, sua empresa não está tendo lucro.

Por exemplo: “O Instagram da empresa X tem mais de 100k de seguidores”.

De primeiro momento você acha super bacana, mas, é sempre necessário analisar mais a fundo.

Quantos desses 100 mil de seguidores geram alguma de renda para a empresa?

Afinal, como sempre dizemos no Marketing Digital, curtidas não pagam boleto.

Toda empresa tem que pagar as suas contas, seus funcionários e seus impostos.

Não adianta ter 5 mil curtidas em um post e zero vendas.

Métricas de vaidade são essas métricas que visualmente são positivas, mas, quando analisadas de perto, elas não te ajudam a tomar uma boa decisão em relação a estratégia que sua marca está adotando.

Que métricas são essas?

Mesmo em redes sociais diferentes ou plataformas de análise, essas são métricas bem comuns de se encontrar:

  •  Curtidas

As pessoas podem ter curtido uma publicação por diversos motivos, mas essa métrica não informa o que é preciso ser feito para aumentar a suas vendas.

  •  Compartilhamentos

Sim, o compartilhamento do seu conteúdo aumenta o tráfego do seu site, e mostra um certo interesse do seu público alvo pelo assunto.

Porém, é necessário que você prenda a atenção do seu possível cliente oferecendo um conteúdo de qualidade e, acima de tudo, que gere vendas.

  •  Número de Seguidores

O número de seguidores é interessante mas assim como as outras métricas ele não demonstra o real sucesso de sua empresa.

Por isso, não se deve comprar listas de seguidores! Isso vai maquiar mais ainda as suas métricas.

  •  Visualizações da página

É possível ter um site com 200 visualizações porém com 20 visitantes, ou seja não dá para tomar um decisão baseada APENAS nesse dado.

  •  Taxa de Rejeição

Essa métrica quantifica os usuários que abandonaram a sua página antes de cumprir os requisitos do “Pai Google” para que ela não seja considerada como rejeitada pelo usuários. Existem páginas que possuem taxa maiores de rejeição pois existe um tráfego maior. Por isso, é considerada uma métrica de vaidade.

  •  Taxa de Cliques

A taxa de cliques te mostra quantas pessoas estão entrando no seu site, ou se o seu anúncio está fazendo sucesso. Porém, ela não revela se houve conversão ou não.

Se você teve 2000 cliques no seu site e nenhuma venda é um momento que requer atenção especial.

É bom lembrar que, em nenhum momento, estamos falando para você ignorar essas métricas!

Por mais que elas não revelem a real situação do Marketing Digital da sua empresa, é sempre bom ficar de olho.

 

Quais Métricas eu devo acompanhar?

Para medir o real crescimento da sua empresa de uma maneira geral, existem algumas métricas que você deve ficar de olho:

 Taxa de conversão de Campanha

Conversão é basicamente o objetivo que você definiu em sua campanha.

Pode ser uma venda, um download de algum e-book para gerar leads, etc.

Essa métrica mostra a porcentagem de quanto do seu tráfego pago está se convertendo.

Ou seja, qual a porcentagem do seus visitante está realizando o seu objetivo planejado.

 

Número de Visitantes

Número de visitantes não é o mesmo que visualizações de página? Não!

Essa métrica mostra quantas pessoas visitaram o site, não importando o número de vezes que ela o fez.

Esse dado mostra quantos novos visitantes o seu site anda conseguindo.

Com esse dado em mãos é possível monitorar se a sua audiência anda se renovando e se a sua antiga audiência está voltando.

Isso faz você entender melhor a movimentação do seu funil de vendas e descobrir que conteúdo gera mais conversões.

 

Ticket Médio

O Ticket médio mostra quanto, em média, os seus clientes gastam em um determinado período de tempo.

Para realizar essa conta é feita a seguinte fórmula:

Ticket médio = Faturamento / número de clientes do período

Lembre-se, quanto maior for o seu Ticket médio, mais os seus clientes estão gastando. Tenha sempre em mente o custo médio de seus serviços ou produtos para não ser surpreendido por número elevados ou abaixo do esperado.

 

CAC – Custo de aquisição por cliente

Esse é uma métrica muito importante pois ela mostra quanto em média a sua empresa gasta para adquirir um cliente novo.

É essencial para saber como vai a saúde da sua empresa.

Para se descobrir isso, é feito o seguinte cálculo:

Custo de aquisição por cliente = Gasto para aquisição de novos clientes / número de clientes adquiridos no período.

É recomendado fazer uma comparação do seu CAC com seu ticket médio para assim medir a eficiência da sua estratégia.

 

LTV – Livetime Value

Esse é o valor de tempo de vida do cliente, seu papel é nos dizer de forma direta quanto o cliente vale para você.

Por exemplo, alguém contrata a Playstation Plus e paga por mês R$ 10, porém, a maioria dos assinantes pagam por um ano pelo serviço.

LTV = 10×12

LTV = 120

Logo, o LTV dos assinantes da Playstation Plus é de R$ 120, ou seja, esse é o valor que a Playstation espera receber de cada assinante.

Essa métrica pode te ajudar nas projeções de receita e planejamento financeiro.

 

Churn

Essa é a taxa de clientes que cancelaram o seu serviço.

Trata-se da porcentagem proveniente da divisão entre o número de cancelamentos e o número total de clientes em um determinado período.

Saber quantas pessoas estão cancelando as contratações (ou vendas) é tão importante quanto saber a quantidade que está contratando.

 

ROI – Retorno sobre o Investimento

O ROI serve para saber se os gastos no marketing da empresa estão gerando retornos positivos ou não.

Ele calcula o retorno real de uma campanha em relação ao valor investido na mesma, fazendo a seguinte fórmula:

ROI = (Faturamento – Investimento) / Investimento

Por exemplo, eu investi R$ 100 e obtive um retorno de 400, logo:

ROI = (400 – 100) / 100

ROI = 3

Nesse caso, a cada 1 real investido nessa campanha  eu tive um retorno de 3 reais. Isso é bem positivo!

 

Onde Analisar essas métricas?

O Google Analytics é a ferramenta que pode te ajudar a entender e acompanhar essas métricas todas.

E, o melhor, totalmente de graça!

Para quem irá realizar campanhas pagas no Google Ads, pode ficar tranquilo que ele também fornecerá as métricas mais importantes para sua estratégia.

O sistema é bastante completo, e garante que as métricas que você não conseguir acessar no Google Analytics você conseguirá nele.

É desta ferramenta, por exemplo, que você obterá os números das taxas de conversão e o custo de aquisição de clientes.

Além de tudo isso, nada impede que, em algum momento, você opte por adquirir a assinatura de algum sistema pago que lhe fornecerá ainda mais métricas.

Clique aqui para saber mais sobre o Google Analytics!

 

No final, tudo depende do seu objetivo

Apesar das métricas de vaidade não ajudarem na mensuração de saúde da empresa, elas devem ser sempre analisadas.

Afinal, curtidas e compartilhamentos são fundamentais no crescimento da visibilidade e reconhecimento da sua marca nas redes sociais.

Muitas empresas podem não saber disso e cometer alguns erros. Então, não seja envenenado pelas métricas da vaidade.

Porém, se o seu objetivo com as redes sociais não é vender, pode ser que as métricas de vaidade funcionem a seu favor.

Tudo faz parte de um conjunto de estratégias. Basta saber a melhor maneira de aplicá-las e depois de analisar os resultados de acordo com as suas metas.

Clique aqui e descubra quais estratégias todo profissional de Marketing Digital deve utilizar!

Espero que com essas dicas todos possam analisar melhor os dados do negócio como um todo e não só olhando na ilusão dessas métricas.

Lembre-se sempre de que poucas métricas bem escolhidas valem mais do que levantar uma infinidade de números que você não saberá interpretar.

Conte para nós aqui nos comentários se você já conhecia as métricas de vaidade!

Compartilhe e marca aquele(a) seu amigo(a) que está abrindo um negócio agora e não sabe muito bem mensurar as suas campanhas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *