Marketing Jurídico: Como fazer Marketing Digital para Advogados

Publicidade dentro da internet nunca esteve tão em alta como hoje.

Empresas de diversos nichos diferentes utilizam da internet como meio de aumentar a sua visibilidade e ao mesmo tempo conquistar novos clientes.

Apesar do leque quase infinito de empresas e profissionais que podem ser encontrados na internet, existem alguns cuidados que é preciso se ter dependendo da área.

Um nicho que é preciso ter um pouco mais de atenção é o jurídico.

Isso porque algumas práticas comuns para nós profissionais da área, não estão dentro do código de ética da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) que regulamenta a prática de Marketing Digital em empresas de advocacia.

Ficou curioso(a) né? Continue lendo, nesse post você vai descobrir:

  • O que é o Provimento Nº 94/2000
  • Como o Marketing de conteúdo e o marketing jurídico     andam juntos
  • O que fazer para começar a sua estratégia de marketing jurídico digital

Todos prontos? Então vamos começar do começo.

Provimento Nº 94/2000

Como foi mencionado anteriormente, existem regras impostas pelo código de ética da OAB que visam garantir a credibilidade do serviço e preservar a dignidade dos seus profissionais.

O Provimento Nº 94/2000 basicamente permite que seja feita publicidade jurídica apenas informativa.

Ou seja, é autorizada a divulgação da sua identificação pessoal e curricular, áreas ou matérias jurídicas de exercício preferencial, o horário de atendimento entre outros em cartões de visita e de apresentação, menção em anuários profissionais do ramo de atuação e etc.

Também é permitido que a empresa tenha o seu site com fotos relacionadas a seu ramo de atividades e fazer anúncios na internet.

O que não é permitido?

  • Divulgar valores dos serviços ou forma de pagamento
  • Referências a cargos já exercidos
  • Promessas de resultados
  • Anunciar em rádios ou TVs
  • Publicar frases que induzam o cliente a entrar em contato
  • Fotografias de órgãos públicos
  • Estampar a sua logomarca em objetos
  • Outros

Essa é apenas uma pequena lista das restrições, porém existem mais algumas que podem ser encontradas clicando aqui.

Se você trabalha com o Marketing de uma empresa de advocacia você PRECISA conhecer as limitações legais no Marketing Digital Jurídico, não tem meio termo.

Marketing Digital Jurídico Funciona?

Você é capaz de divulgar seu escritório de maneiras mais convencionais como, anúncios em revistas ou jornais.

Porém a melhor forma de divulgação hoje, é através do Marketing Digital.

Porque? Simples.

O Consumidor de hoje, não é o mesmo de alguns anos atrás. Nós estamos cada vez mais utilizando a internet para tudo.

Hoje fazemos compras pela internet, pedimos comida, procuramos nos entreter, nos relacionamos e principalmente, buscamos por informações de qualidade.

Com a adoção do marketing digital na sua estratégia você terá diversas vantagens perante a concorrência, como por exemplo:

Posicionamento no mercado

Se destacar no mercado não é uma tarefa fácil, ainda mais quando se trata de uma empresa que iniciou suas atividades recentemente.

No setor de Advocacia não é diferente.

As pessoas tendem a dar prioridade a escritórios com mais tempo no mercado, já que o mesmo pode ter sido recomendado por alguém próximo.

Com Marketing Digital você será capaz criar a sua identidade dentro da internet e ao mesmo tempo aumentar a visibilidade da sua marca.

Foco na sua profissão

Quando o escritório adota o marketing digital em sua estratégia de divulgação, os advogados param de pensar que precisam de mais clientes e passam a focar no que realmente importa: exercer a sua profissão e ajudar as pessoas.

Isso pode gerar resultados mais positivos e clientes mais satisfeitos com o serviço, ou seja, mais lucro.

Clientes satisfeitos geram mais clientes, as pessoas adoram recomendar serviços e pessoas competentes.

Contratar profissionais especializados em marketing digital pode sim alavancar os seus números sem que você se preocupe com a estratégia utilizada.

Autoridade na sua área

O Marketing Digital Jurídico pode te ajudar a ganhar mais visibilidade para você ou seu escritório.

Quando aplicado da maneira correta, ele pode te ajudar a fortalecer a sua credibilidade, quanto para clientes como para outros profissionais da área.

Se tornar uma referência em qualquer segmento é algo que leva tempo e muito trabalho. Porém é perfeitamente possível quando se tem um bom planejamento e um serviço impecável.

 

Como Começar a aplicar o Marketing Digital Jurídico?

Primeiramente é necessário adotar uma estratégia que consiga atrair clientes e respeitar o código de ética da OAB.

O Inbound Marketing (ou Marketing de Atração) é uma dos conceitos mais utilizados para praticar o Marketing Digital Jurídico.

Dentro dessa estratégia, o Marketing de Conteúdo é uma ferramenta poderosíssima.

Suas principais ferramentas de divulgação são:

 

    • Site

O site da sua empresa pode ser o primeiro contato do cliente com a sua marca.

Por isso, um site de aparência profissional, com todas as suas informações de contato e área de atuação é mais do que fundamental.

Nesse post eu te conto mais do porque a sua empresa deve ter um site institucional, depois de ler ele, por favor, vai comprar o seu domínio!

Uma outra vantagem que o seu site oferece é criação do seu Blog.

Blogs são excelentes para se produzir conteúdo que atraia e auxilie os seus possíveis clientes.

Nele é possível escrever diversos artigos relacionado a sua área de atuação e poder explicar para os seus clientes como seus serviços podem ajudá-lo.

Clique aqui para saber mais vantagens!

Outra vantagem de se manter um blog sempre atualizado é o SEO.

Manter um blog atualizado com uma frequência correta, pode ajudar a colocar o seu site em primeiro lugar nas buscas do Google.

Quer saber mais sobre SEO? Clique aqui e confira como aplicar essa regras no seu conteúdo!

    • E-mail Marketing

Essa é uma ótima maneira de se relacionar com o seu cliente.

Isso porque o E-mail marketing tem um alcance muito alto.

Porém esse relacionamento tem que partir dele.

E-mail Marketing devem ser mandados apenas para usuários que desejam receber seu conteúdo.

A dica é criar uma área de cadastro da sua newsletter dentro do seu site ou blog.

Caso o seu leitor esteja interessado em receber o seu conteúdo via e-mail, ele irá se cadastrar.

Outra vantagem do E-mail marketing é a segmentação.

É possível mandar diferentes tipos de e-mails para diferentes perfis de clientes, ou seja, o retorno pode ser maior.

Eu tenho um post onde eu falo sobre a Importância do E-mail Marketing que pode te ajudar a entender melhor suas vantagens.

    • Redes sociais

A grande maioria da população está nas redes sociais, por isso é necessário que a sua empresa também esteja presente.

Todos sabemos que existem muitos tipos de redes sociais, não é necessário uma página em cada um a delas, porém existem algumas que são consideradas “padrões”.

Facebook

O Facebook além de ser a rede social mais popular aqui no brasil ela é excelente para divulgar suas postagens do blog, site e outras informações.

Mesmo que o senhor Zuckerberg não esteja facilitando para as empresas aparecerem de maneira orgânica, ainda vale muito a pena ter uma página por lá.

Clique aqui e confira dicas para alavancar o seus resultados no Facebook

 

Instagram

Apesar do Instagram ser uma rede descontraída, ela pode sim te ajudar com o seu Marketing Digital Jurídico.

Além de ser possível divulgar as atualizações do seu blog, nele é possível fazer lives, postar frases motivacionais fazer enquetes e responder perguntas via Stories.

Quer saber como aumentar a sua visibilidade no Instagram? Clique aqui!

Linkedin

O Linkedin é uma rede social mais séria, afinal ela é voltada para profissionais.

Assim como no Facebook o ideal é criar a página da sua empresa para começar sua atividades por lá.

Muitas empresas utilizam da rede para aumentar o seu networking e realizar contrações.

Assim como as outras redes citadas, pode te ajudar a divulgar o seu conteúdo.

Clique aqui e confira dicas para se tornar mais relevante no Linkedin.

 

    • Anúncios patrocinados

Ficar em primeiro lugar nas buscas de forma orgânica é realmente muito bom.

Porém, existe a possibilidade de você expor a sua marca nos mecanismos de busca através de links patrocinados.

Usando o Google Adwords você é capaz de listar uma série de palavras chave que sejam relacionadas ao seu escritório, nome, áreas de atuação etc.

Assim quando alguém fizer a busca por essas palavras, seu link aparecerá nas primeiras colocações, como patrocinado.

Caso o seu link patrocinado receba um clique, você será cobrado.

Invista!

Marketing Digital Jurídico é algo a se considerado um tanto quanto complicado. Isso porque a maioria das pessoas não conhecem o seu código de ética.

Espero que esse post tenha te ajudado de alguma forma a entender melhor a sua importância e o que você deve ou não fazer!

Comenta aqui embaixo se você sabia do provimento 94/2000 e quais estratégias você utiliza no seu escritório de advocacia!

Fontes

https://www.aurum.com.br/blog/marketing-digital-para-advogados/#otua

https://calculojuridico.com.br/7-estrategias-de-marketing-digital-para-advogados/

https://resultadosdigitais.com.br/blog/marketing-juridico-digital/

https://blog.sajadv.com.br/como-fazer-marketing-digital-juridico/

https://marketingdeconteudo.com/marketing-juridico/

https://jus.com.br/artigos/64893/marketing-digital-e-inbound-marketing-para-escritorios-de-advocacia

https://rino3.com.br/marketing-juridico-digital/

 

2 comentários sobre “Marketing Jurídico: Como fazer Marketing Digital para Advogados”

    1. Que bom que está gostando!! Fico muito feliz em saber que posso ajudar! Se tiver algum tema de postagens para sugerir fique a vontade!!! Muito obrigada!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *