Capa do Post

Marketing Digital para Afiliados

Dentre as diversas maneiras de se ganhar dinheiro utilizando a internet, o Marketing de Afiliados é uma das mais utilizadas.

Isso porque essa área específica une duas grandes vertentes:

Empresas que desejam aumentar as suas vendas e produtores de conteúdo online que procuram uma forma de monetizar o seu site/blog/canal/pagina/etc.

Existem muitas pessoas que possuem esses canais e não sabem que é possível rentabilizá-lo

Por isso, no post de hoje eu vou te contar:

  • O que é um afiliado;
  • Como funciona o sistema de monetização;
  • Quais são os formatos de programas de afiliados;
  • Quais são os meios de divulgar um produto;
  • Quais os programas de afiliados mais conhecidos no mercado;

Dessa forma, eu espero ajudar você que está procurando emprego ou até mesmo deseja uma graninha extra no final do mês.

Vamos lá?

*Saiba mais sobre monetização e outras formas de ganhar dinheiro com a internet clicando aqui!

O que é um afiliado?

Primeiramente eu vou explicar o básico: O que é um afiliado?

Bom essa é uma pergunta muita boa, já que a maioria das pessoas que não passam muito tempo na internet desconhece a significado desse termo.

Para explicar isso vou dar um pequeno exemplo:

Imagine que algum parente seu tenha uma pequena empresa que vende roupas.

Esse parente, pensando nele como uma empresa e dono daquele produto, se torna o Produtor, ou seja, a pessoa que fornece determinado produto.

Mesmo com as coisas andando bem, ele resolve contratar alguém para ajudá-lo, é aí que entra o papel do Afiliado.

O afiliado divulga esse determinado produto para outras pessoas com o objetivo de realizar uma venda. Caso isso ocorra, o afiliado ganha uma comissão em relação aquela venda.

Atualmente essa é uma das formas mais rentáveis para se conseguir dinheiro na internet.

Isso porque você é capaz de divulgar qualquer coisa, tanto produtos comuns como:

  • Cds
  • Livros
  • Eletrônicos
  • Eletrodomésticos
  • Móveis
  • Maquiagem
  • Produtos de beleza
  • Material de escritório
  • Brinquedos
  • Artesanato
  • Decorações
  • Games
  • Etc

Até mesmo infoprodutos como:

  • Cursos online
  • E-books
  • Webnars
  • Etc.

Lembrando que não é necessário possui um blog ou site para se tornar um afiliado ok? Mas vamos falar mais sobre isso quando discutimos as formas de divulgação.

Como funciona esse sistema?

Eu sou uma daquelas pessoas que acreditam que uma imagem vale mais do que mil palavras então vou deixar uma imagem que eu encontrei em um post do Blog da Hotmart que explica com tudo funciona.

Quando você se torna um afiliado de um determinado produto ou serviço, você terá acesso a um link especial que possui um rastreador.

Esse rastreador conta para o serviço de afiliados que a pessoa conheceu esse produto através da sua publicidade, logo, se a mesma realizou uma compra foi por seu intermédio.

Assim, depois que a produtor recebe o dinheiro dessa venda, você ganha a comissão, simples não?

Formatos de programas de afiliados

Apesar de visar sempre o lucro, existem diversos formatos que o produtor pode escolher para alcançar as suas metas.

Isso é sempre decidido analisando o seu nicho de mercado e o seu tipo de produto.

Os afiliados precisam escolher muito bem qual produto devem divulgar.

Se você tiver um site sobre academia é recomendado que você divulgue produtos voltados para exercícios físicos, não fuja do seu nicho!

Cada um desses produtos possuem formas diferentes de monetização, vamos falar um pouco sobre elas:

Custo por Clique (CPC)

Aqui os afiliados são remunerados a cada clique no anúncio ou banner divulgado.

Em outras palavras, a cada clique em alguma publicidade, você recebe um valor fixo, que varia de anunciante para anunciante.

Por Exemplo: Se o banner paga 25 centavos por clique, se eu tiver 10 cliques vou ter uma comissão de 2 reais e 50 centavos.

Mas, é preciso ficar atento a regras de rastreamento que esses produtores utilizam.

Isso porque pode ser que você apenas receba um valor por IP, ou seja, se a mesma pessoa clicar duas vezes no mesmo link, você só receberá o valor de um clique.

Custo por Ação (CPA)

Diferente do CPC, a remuneração do custo por ação é um pouco mais complexa.

Para se obter a comissão é necessário que os usuários realizem alguma ação dentro da página linkada naquela publicidade.

Essa ação é determinada pela empresa produtora e pode variar.

Uma vez que o usuário devera realizar um cadastro, solicitar um orçamento ou até mesmo fazer uma compra, tudo depende do seu nicho ou do nicho do seu produtor.

Vou dar um exemplo: eu pago 2 reais para cada download de um e-book, se o link do associado contabilizar 50 downloads, eu irei pagar R$ 100 para ele.

Outro exemplo: a cada venda de livro realizada pelo seu link de afiliado, você ganha 20% do valor de mesmo livro.

Custo por Venda (CPV)

Aqui, a comissão só é recebida quando um link compartilhado gera uma venda.

Os seus valores variam de produto a produto, normalmente o afiliado recebe um valor percentual, ou seja, para cada venda realizada o afiliado recebe X% do valor da compra.

Por exemplo, se o usuário clica no meu link e realiza uma compra de R$ 400 e está definido que minha comissão é de 10% do valor da compra, eu recebo R$ 40.

Como divulgar esses produtos?

Para se obter a comissão, os profissionais da área divulgam esses produtos através de diversos canais de comunicação.

Seus principais são:

Redes Sociais

Todos sabemos que as redes sociais então incluídas em quase todas as estratégias de marketing digital atualmente. Com marketing de afiliados não é diferente.

As redes sociais são fundamentais independente do ramo ou nicho, o seu cliente sempre vai estar lá.

Através do Facebook, Instagram, Youtube, Twitter e etc é possível se obter resultados incríveis, principalmente se você é ou deseja se tornar um influenciador digital.

Anúncios Patrocinados

Lembra que eu falei lá cima que não é necessariamente obrigatório possui um site/blog para ser um afiliado?

Isso porque anúncios patrocinados são uma principais formas de divulgação de produtos atualmente, não sendo necessário um site para divulgar esses links.

As principais plataformas de divulgação de anúncios são:

  • Google ADS
  • Facebook e Instagram ADS
  • Youtube ADS

Quando usados de maneira correta, anúncios patrocinados podem se tornar um dos canais poderoso em questão de lucro.

Pensa no seguinte, se você investiu R$ 10 em anúncios patrocinados e com esse dinheiro investido você consegue realizar uma venda que te dá uma comissão de R$ 20, você tem um lucro de 100%!

*Quer descobrir qual o momento certo para se investir em anúncios patrocinados? Clique aqui!

Site/Blog

Mesmo que não seja necessário ter um site/blog para se tornar um afiliado é mais do que recomendado que você tenha um.

Com um site ou blog que apresenta um conteúdo relevante e de qualidade, você poderá se tornar um autoridade para o seu público.

Acredite, as chances do seu público comprar algo que você recomendou são muito altas.

Isso também fará com que você segmente melhor a sua publicidade.

Se você tem um site que fala sobre moda, é mais do que óbvio que você irá se associar a produtos voltados para aquele nicho.

E já tendo uma autoridade no assunto, sua audiência comprará qualquer produto que indicar.

E-mail Marketing

Apesar de ser sim uma forma efetiva de realizar vendas é preciso alguns cuidados quando se utilizar o E-mail Marketing.

É necessário antes de mais nada se criar um relacionamento de confiança com aquele lead, para obter algum tipo de retorno.

A segmentação da sua base de dados é algo fundamental aqui também.

Tentar atingir o máximo de pessoas “atirando para todos os lados” não é algo prático.

Tempo é dinheiro, e enviar publicidade que as pessoas não estão interessadas não ira te dar um retorno satisfatório, pelo contrario,  isso pode te fazer perder dinheiro.

Quer saber mais sobre E-mail Marketing? Clique aqui e descubra qual é a importância dessa estratégia.

Youtube

Nos últimos anos o Youtube teve um crescimento gigantesco.

Assim como as outras redes sociais, é possível utilizá-lo como um canal forte de divulgação.

Aliás, muito da receita obtida pelo produtores de conteúdo que utilizam a plataforma vem do marketing de afiliados.

Vocês já assistiram um vídeo que o Youtuber diz a seguinte frase: “Clique no link da descrição e conheça um curso incrível sobre esse assunto!” pois é, Marketing de Afiliados.

O Youtube pode ser também uma ótima extensão, caso você possua um site/blog, portanto, invista!

Quais os Programas de afiliados mais recomendados?

Esta é uma pergunta muito boa, existem diversas opções no mercado, cabe a você decidir qual é o melhor programa analisando o seu nicho, produtos que podem ser divulgados e etc.

Aqui está uma lista com os principais veículos:

Anuncie!

Para iniciar a sua empreitada dentro do Marketing de afiliados, é necessário antes uma análise bem detalhada.

Quais produtos você deseja anunciar? Eles fazem parte do seu nicho de mercado? Qual a melhor forma de monetização para o meu site? Será que apenas anúncios patrocinados irão me ajudar?

Tudo isso deve ser respondido antes de se começar, lembre-se planejamento é tudo para qualquer coisa que você faz na vida.

Seja como for, espero que com esse post eu tenha esclarecido algumas duvidas sobre essa área.

Você trabalha com esse tipo de marketing? Tem alguma dica para iniciantes? Quais programa de afiliados você utiliza? Deixa aqui nos comentários, certamente a sua experiência pode ajudar muita gente!

Fontes:

https://www.youtube.com/watch?v=c22AUww6-6o&t=107s

https://blog.hotmart.com/pt-br/marketing-de-afiliados/

https://www.afiliadosbrasil.com.br/o-que-e-marketing-de-afiliados/

https://www.lomadee.com/pt_br/afiliados/

https://nomadan.org/os-15-melhores-afiliados-digitais-para-ganhar-dinheiro-em-2019/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *