São Paulo, SP
(11) 99244-4278
tnobile.marketing@gmail.com

Google Analytics: Aumente Suas Vendas Com a Ajuda Dessa Plataforma Gratuita!

Google Analytics: Aumente Suas Vendas Com a Ajuda Dessa Plataforma Gratuita!

Imagem de capa do post "Google Analytics"

Com seus 10 anos de existência, nosso querido e amado Google, colocou no mercado diversos serviços que mudaram bastante a forma com que trabalhamos, direta e indiretamente.

Como sabemos, já se foi o tempo no qual utilizar o Gmail era suficiente, hoje temos opções de calendário, armazenamento em nuvem, anúncio patrocinado, etc.

Sendo assim, caso seu negócio seja apresentado através de um site, desde blog ou até mesmo e-commerce, a ferramenta indispensável que você precisa utilizar, é o Google Analitycs.

Não é à toa que é uma das plataformas de análise de dados mais recomendada por aí.

Sem contar um fato crucial atualmente, é uma plataforma completamente gratuita, ou seja, basta ter uma conta na Google.

Para te mostrar mais sobre a importância de utilizar essa plataforma e de como ela pode aumentar exponencialmente as suas vendas, nesse post você vai ver:

  • O que ela faz;
  • Benefícios de utilizá-la;
  • Case de sucesso;
  • Porque é tão recomendada;
  • Como se cadastrar;
  • Dados que podemos obter ao utilizar a plataforma;
  • Uma ferramenta especial e exclusiva.

Não perca está oportunidade de ouro de melhorar ainda mais a sua estratégia de vendas!

Vamos lá?

Google sempre preparada

Como é de conhecimento universal, o site de buscas mais utilizado é o Google.

Com isso, precisamos investir pesadamente nesta plataforma para obter bons resultados.

Por isso, insistimos tanto aqui no blog no assunto SEO. Mas, só ter um bom ranqueamento não garante que o usuário vai comprar algo de você, ou até mesmo se irá retornar ao seu site.

Daí vem a importância das métricas, saber o que está dando certo, e o que está errado é o ponto chave de qualquer estratégia

Através desses dados torna-se possível realizar melhorias certeiras, que irão alavancar seu site e manter o crescimento dele constante.

Sendo assim, com isso em mente, partimos para o Google Analytics!

É ele que se encarrega de coletar as informações de tráfego e dos usuários, relatar tudo devidamente para podermos avaliar o desempenho do seu site ou aplicativo (funciona das duas formas).

Como isso funciona?

Após realizar o cadastro no site do Google Analytics, um código será gerado.

Esse código precisa deve ser inserido em uma parte específica do arquivo do seu site. Sendo assim, é este código que vai fazer toda a captura de dados.

Você sabe o que são “Cookies”? Não, não os de comer, aqueles de internet!

Bom… os Cookies são arquivos de texto temporários, com diversas funções de armazenamento de dados. Nesse caso, o código do Analytics coleta o cookie do usuário que acabou de entrar no seu site, processa ele, depois informa para você, qual foi o resultado obtido.

Dentre eles podemos listar:

  • Por quanto tempo o usuário permaneceu na página;
  • Qual palavra-chave foi pesquisada para que ele chegasse até seu site;
  • Localização de onde foi acessado o site (Estado/País);
  • Qual dispositivo foi utilizado para a pesquisa;
  • O tempo e caminho que o usuário percorreu até realizar uma compra;
  • Quantidade de usuários que entraram no seu site;

Benefícios do Google Analytics

“Tá, mas onde fica a vantagem de saber quanto tempo o usuário ficou na minha página? Como isso vai me ajudar??”

Muita calma nessa hora, nós vamos chegar lá!

Primeiramente, caso o usuário tenha um tempo de permanência muito baixo no seu site, significa que algo está errado.

Afinal, se alguém entra, não faz nada e depois sai após poucos segundos, é porque não se sentiu atraído por nada.

Existem vários motivos para isso acontecer, como:

  • Layout feio ou não responsivo;
  • Má utilização da palavra-chave;
  • Tempo de carregamento do site muito longo;
  • Excesso de propaganda e pouco conteúdo;
  • Conteúdo mal escrito ou desinteressante.

Alem de ser uma ferramenta totalmente gratuita, outro ponto que facilita ainda mais nossa vida é como as informações são dispostas e segmentadas de uma maneira para fácil compreensão.

Usufruindo de elementos gráficos e cores variadas, o Google Analytics consegue te dar uma perspectiva clara do que está acontecendo no seu site.

Imagem da dashboard do Google Analytics

(Imagem retirada do site Resultados Digitais)

Repare na imagem, tudo é bem organizado.

Entretanto, é bom notar que essas métricas podem ser analisadas em diferentes âmbitos. Ou seja, você tem a opção de acompanhar tudo em tempo real “por hora”, ou ver o resultado do “dia”, “semana” ou “mês”.

O Google também oferece uma versão mais “tunada” do modelo Analytics, o “Google Analytics 360”.

Essa versão oferece mais opções específicas para análise de dados, junto com ferramentas e suportes refinados.

Certamente essa versão já não é gratuita, mas, sempre vale discutir qual é a melhor opção para sua empresa.

Quer algum exemplo? Confira este case de sucesso

Panasonic

Renomadas marcas entenderam o poder do marketing digital como a Panasonic. A empresa decidiu integrar todos os dados de marketing de seu site para uma única plataforma, que foi o Google Analytics 360 junto da agência NRI Netcom.

Com está única plataforma cuidando de seu marketing, logo eles conseguiram dois grandes insights:

  • O maior número de compras de produtos que tiveram, acontecia em momentos de mudança de vida como: casamentos, mudar de cidade, etc.
  • Era mais comum comprarem combinações de produtos.

Eles criaram uma lista de audiência baseado nos produtos que os usuários demonstravam interesse e, colocaram estas informações no Google Adwords, Double-click, Google display network para deixar marcado como conteúdo relevante. Com o insight dessa popular compra de combinações de produtos, eles começaram a refazer o marketing de outros produtos relevantes para os usuários em um segmento particular. (…)

Resultado final: Obtiveram um aumento no retorno de 30%.

(Font: Digital Vidya; Lembrando que as informações aqui estão todas em inglês.)

 

Cadastrando no Google Analytics

Página inicial do Google Analytics

Ao contrário de outros tutoriais de cadastro que mostramos aqui no blog — como o do Linkme.bio, ou Google Meu Negócio — este do Google Analytics é bem simples e rápido.

Como vocês podem observar, logo na página inicial do site ele já demonstra que existem apenas 3 etapas:

  • Informar alguns detalhes básicos sobre o site;
  • Receber o código e colar na sua página;
  • Acompanhar os dados.

Como o Google trabalha muito interligado entre suas ferramentas, basta ter uma conta no Gmail que metade do caminho já está completo.

Então, agora vamos dar início ao que interessa, clique no botão “Inscrever-se”.

Imagem do botão "Inscrever-se" da página inicial do Google Analytics

Preenchendo os dados

Nesta segunda etapa, você vai selecionar o que você deseja acompanhar, se é um Website ou Aplicativo.

Logo abaixo temos que preencher com o nome da conta e do site. Obviamente, algo que não pode faltar é a URL.

Informações que você precisa preencher para receber o código do Google Analytics

Esta “Categoria do setor”, serve para identificar qual é o tipo de conteúdo do site, se é um site de notícias, finanças, automotivo, hobbies e lazer, etc.

Sendo assim, basta selecionar qual, dentre estas opções, é a que encaixa no seu perfil. Feito isso, selecione corretamente o pais e horário em que reside.

 

Configuração de proteção

Configurações de proteção de dados no Google Analytics

Antes de prosseguir para a última etapa, leia atentamente estes termos de compartilhamento de dados.

Mesmo que todas as opções sejam recomendáveis manter, é bom saber o que cada uma sugere. Ainda mais com problema de vazamentos de dados que vemos por aí.

Caso esteja pronto, clique em “Ver ID de acompanhamento” para gerar o código na qual você vai colocar no seu site.

Com isso, imediatamente um PopUp do contrato vai aparecer na tela, após ler tudo, caso tenha concordado, marque as opções e clique no botão “Aceito”.

Termos de privacidade

ID de acompanhamento

Por fim, o código será gerado.

Aqui eles explicam certinho como colocar está parte do código na tag “<Head>” do seu site. Feito isso, basta esperar que dentro de algumas horas, o serviço começa a funcionar.

Id que deve ser colocado no seu site para que o Google Analytics possa fazer sua análise

Antes de encerrar o texto, vale ressaltar que para quem utiliza o WordPress, existe um plugin muito útil específico do Analytics. Talvez seja uma boa opção instalar no seu site.

Dados Obtidos

Ainda com um “gostinho de quero mais”?

Então, agora vamos apresentar alguns dados que podem ser obtidos sobre o seu site, para ilustrar o tipo de informação que o Analytics computa e, a maneira que ele apresenta isso na sua dashboard.

Análise do Google Analytics parte 1

Nesta primeira imagem, podemos reparar que é uma base comparativa; observando os resultados desde janeiro de 2018, até novembro do mesmo ano.

Com o gráfico apresentado, podemos identificar que houve um crescimento no número de visitas durante o ano de 2018 no site examinado.

Análise do Google Analytics parte 2

Semelhante ao outro exemplo que demos mais a cima, existe uma outra forma de visualizar como foi o desempenho do site através dos meses, apresentando cada um no seu espaço, e para ilustrar melhor, utilizando gráfico de linha.

Análise do Google Analytics parte 3Agora, temos outro dado interessante. Dessa vez exibindo qual é o país de origem dos usuários.

Este é uma tabela interessante, principalmente neste caso, devido a diversidade dos países.

Mas não só isso, verificando a taxa de rejeição, pode-se notar que nos demais países ela é muito maior do que a nacional.

Os brasileiros ficam em média 2 minutos no site, enquanto nenhum outro chega perto disso.

Quer saber de onde veio essas pessoas? O Google Analytics também mostra para você:

Análise do Google Analytics parte 4Mesmo a legenda estando em inglês, não é difícil entender o que cada elemento significa.

Com um trabalho forte nas redes sociais, é esperado que uma boa porcentagem venha de lá, todavia reparem que tanto o acesso direto, quanto orgânico, levou uma boa fatia desta pizza.

Com estes dados, é bacana ver e discutir: qual seria o próximo passo para melhorar sua divulgação.

Você quer aumentar o alcance via rede social? Trabalhe bastante no seu Marketing Digital e alcance orgânico. Fique atento nas regras de SEO.

*****

Procurando outras alternativas?

Se depois de ler esse post você ficou empolgado para implementar ferramentas no seu site e melhorar ainda mais o seu marketing…

Eu tenho algo que vai te ajudar!

Vou deixar o link aqui embaixo de um pacote que vai mudar completamente a sua organização e planejamento.

É um kit completo com:

  • Template de Apresentação Comercial de Diagnóstico de Redes Sociais;
  • Calendário 2019 com datas comemorativas;
  • Planilha de planejamento atualizada para 2019;
  • Dezenas de planilhas revisadas e corrigidas;
  • Planilha com 35 Ferramentas de Marketing Digital;
  • Planilha de Monitoramento de performance de Ads;
  • Modelos de apresentações comerciais;
  • Modelos de contrato;
  • Briefing para Gestão de Instagram;
  • Pacote de Emojis do Facebook e Twitter;
  • Modelo de tabela de planos e valores;
  • Tudo 100% editável para que você deixe com a sua cara;
  • Ao todo são mais de 50 arquivos.

Esse material vai te ajudar muito e com certeza vai elevar o seu trabalho a um outro patamar.

Acesse —> http://bit.ly/Ferramentas-mkt-digital

Os benefícios são incalculáveis, então, não deixe para amanhã a organização que você pode ter agora. Veja seus resultados decolarem!

*****

Então….

Espero que tenham achado útil o post de hoje.

Apesar de ser uma ferramenta básica e que muita gente já conhece, para quem está começando, pode acabar ficando meio confuso ou inseguro.

Sempre estamos produzindo conteúdo que seja relevante, não só para quem entende bastante do assunto, como quem está precisando de um auxilio nesse momento de dúvida.

Por isso eu reforço: não deixe de acompanhar nosso blog, toda semana temos posts sobre marketing digital, pegando temas interessante e bastante variados.

Fique ligado que talvez já tenhamos abordado algum assunto na qual você estava querendo saber mais a fundo, ou quem sabe algo novo que vai resolver seu problema, seja ele qual for.

Deixe um comentário aí em baixo! Crítica, dúvidas e sugestões são muito bem-vindas, e também compartilhe com seus amigos, pois ajuda bastante a gente.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *