São Paulo, SP
(11) 99244-4278
tnobile.marketing@gmail.com

Dicas para ser relevante no LinkedIn

Dicas para ser relevante no LinkedIn

Imagem de capa

As redes sociais surgiram com o intuito de fazer os usuários compartilharem a vida pessoal com outras pessoas, mostrar o que estão fazendo, conversar e conhecer pessoas, postar fotos, etc.

Imagen do LinkedInComo tudo na vida passa por uma evolução e, no mundo empresarial, sempre existe os concorrentes, cada vez mais presenciamos uma expansão no número de novas redes sociais. Eis que inevitavelmente surge o LinkedIn. Uma rede social que ainda se baseia em troca de informação, só que ao invés de compartilhar sua vida pessoal, é a profissional que será o foco.

Muita gente pensa que o LinkedIn é um bicho de sete cabeças, não sabe exatamente o que pode postar, afinal, conteúdo não é o mesmo para todas as mídias. Portanto, hoje abordaremos um pouco mais sobre a famosa “rede social para profissionais” e mostraremos maneiras em que você poderá produzir conteúdos certeiros para esse público! Não vai perder essa, certo?

 

Um pouco sobre o LinkedIn

Para quem pensa que o LinkedIn é uma plataforma mais recente, saiba que é justamente o contrário! O site foi lançado no dia 5 de maio de 2003. Antes da criação do Twitter (2006) e até mesmo do saudoso Orkut (2004). Nós criamos essa idéia em virtude da demora de sua popularização, apenas em meados de 2010 que o site começou a deslanchar.

Criado em uma colaboração entre 5 colegas que já tinham certa experiência na área de tecnologia, o LinkedIn surgiu para criar uma interatividade entre os profissionais, pessoa e empresa. Trocando informações relevantes da vida profissional.

Uma rede social que começou por volta de 300 usuários, atualmente encontra-se na faixa de 500 milhões. Mas não é só em números que a plataforma cresce, sua relevância vem junto. Já que devido a sua popularidade, as empresas até o utilizam como meio para contratar novos funcionários.

Com isso, vem uma grande necessidade de conseguir um maior destaque na plataforma, uma vez que a concorrência aumenta a cada dia!

Então, aqui vão algumas dicas DE OURO para colocar em prática agora mesmo no LinkedIn!

1º  URL personalizada

A primeira coisa que você precisa ter em mente, é configurar a URL do seu perfil. Pode parecer algo simples, de fato é, porém, isso tem uma grande influência na imagem que você passa para os usuários.

Acessar um link desconhecido não é um ato que fazemos impulsivamente, há uma desconfiança da verossimilidade do lugar onde ele vai te levar. Dependendo de como estiver escrito, acabamos nem clicando. Este é o pulo do gato!

Geralmente o LinkedIn, por padrão, coloca uma URL aleatória, deixando meio estanho.  Imagine quando você for divulgar o seu perfil e o link for algo do tipo: “www.linkedin.com/in/thais156nobile1506542077170860“. Tenha certeza que alguns usuários darão um passo para atrás e talvez nem cheguem a acessar o link por medo.

Portanto, configure sua URL! É simples, prático e rápido. Basta acessar o menu “Editar seu perfil público” que você encontrará uma opção chamada “Editar a URL do seu perfil público”. Agora é só editar e colocar o nome da sua empresa.

Se preferir, o próprio LinkedIn pode te ajudar.

2º Programe suas postagens

Imagem de alguém se organizandoConvenhamos que organização é crucial para que algo seja bem executado. Isso remete em toda nossa vida, tanto profissional quanto pessoal. Então, planejar bem que tipo de conteúdo você pretende criar é o básico.

Uma página que posta uma vez por mês pode-se considerar morta, e ninguém acessa esse tipo de página, não concorda? Já que ninguém lembra de sua existência. Organize melhor seu tempo, faça um cronograma do que será feito e quando será postado.

Mesmo que comece devagar, com dois posts na semana, o importante é NUNCA deixar seu perfil parado.

3º Fale sobre você

Uma etapa importante é fazer com que todos te conheçam, para isso você deve falar mais sobre suas características. Não só contar sua história e deixar claro sua missão, visão e valor. Produza o tipo de conteúdo que você ache interessante para o seu público, mas acima de tudo, algo que faça parte de sua ideologia, pois nossas ações são o que nos define.

Ou seja, os usuários terão uma opinião maior sobre você por aquilo que você produz. Estimule que as pessoas comentem nas suas publicações com postagens interessantes e perguntas!

4º Divulgue o seu perfil

Uma pessoa ilhada não pode ser resgatada, caso não tente achar uma maneira de ser notada.

Mesma situação aqui, ninguém vai adivinhar que você possui um perfil no LinkedIn se não falar que tem. Ainda mais no caso do LinkedIn, dificilmente vemos alguém compartilhando o perfil, mediante a essa situação, você precisa aproveitar essa chance.

Já tem perfil no Facebook ou Instagram? Divulgue por lá, peça para amigos próximos espalharem também, formas de divulgar é que não faltam.

Agora para se propagar dentro da plataforma, outra alternativa válida é usufruindo de anúncios patrocinados.

5º Anúncios patrocinados

Recentemente a página de “Gerenciador de campanhas” do LinkedIn passou por uma reestruturação para melhorar a usabilidade da sua ferramenta de campanhas e anúncios.

Imagem da página de gerenciamento das campanhas, anúncios, etc.

Nesta página de gerenciamento, você pode observar que tudo é separado por blocos, o que deixa tudo mais organizado. Caso queira só ver às campanhas feitas para grupos, tem uma opção, só os anúncios, tem outra, etc.

E como padrão, você possui uma noção de como anda seu anúncio. De uma forma bem simples e objetiva, você saberá exatamente quanto está gastando, quantos cliques teve, visualizações. Bom lembrar que, apesar do exemplo estar em inglês a página pode ser utilizada em português.

Qualquer dúvida o próprio site ajuda.

 

6º Seja um destaque no perfil de seus funcionários

No perfil pessoal de cada um, pode-se colocar qual é seu experiencial profissional, cargo atual, empresa, etc. Pensando nisso, é uma excelente escolha que seus funcionários relacionem sua empresa no perfil, isso ajuda para ampliar o seu alcance orgânico.

Incentive seus funcionários a utilizar essa plataforma. Crie grupos de debates, assim é capaz de gerar um trafego de informações, gerando um networking que no final, vai gerar uma indubitável divulgação para o seu lado.

7º Crie engajamento

Imagem de um grupo de pessoas.Crie um grupo de debate para gerar trafego de usuários em sua página!

As pessoas em geral adoram discutir sobre algum assunto específico. Ser o epicentro destas atividades vai lhe render um alcance generoso, já que o ciclo de usuários saindo e entrando de sua página nunca vai acabar enquanto o assunto não morrer.

Logo, manter o grupo sempre atualizado, escolher assuntos pertinentes, acrescente novos conteúdos que o acesso virá. Podemos equiparar com o item 2º desta lista: NUNCA deixe a rede parada. Assim como nas outras redes sociais, o conteúdo é peça fundamental aqui também!

8º recomendações

Focando nessa parte de comunicação, vale ressaltar uma opção interessante que o LinkedIn dispõe de recomendação. Pela própria palavra já dá para imaginar qual é sua função, escrever sobre sua experiencia trabalhando junto com alguma pessoa.

O marketing boca a boca age por si só, quanto mais pessoas falarem bem de você, sua imagem passará a ser melhor vista, gerando oportunidade para captar um possível novo cliente.

Para ter as recomendações é preciso que alguém a escreva, deste modo, peça para seus antigos colegas de trabalho ou funcionários que escrevam sinceramente sobre você e que tipo de experiencia tiveram juntos.

Planejamento a longo prazo

Caso esteja procurando ser mais relevante em outras redes sociais, fique de olho em nosso blog! Toda semana lançamos posts de diversos assuntos diferentes que pode encaixar perfeitamente em sua necessidade.

Buscamos sempre apresentar conteúdos diversos sobre o mundo do marketing digital de uma maneira informativa e simples de entender. Esperamos que esteja gostando de todo o conteúdo aqui disposto.

Não esqueça de compartilhar com seus amigos, isso é muito importante, da mesma maneira que sua opinião! O campo de comentários a baixo, pode e deve ser usado por vocês, mandem suas críticas, dúvidas ou sugestões.

 

3 comentários

  1. […] Quer dar um boost no seu perfil do Linkedin? Confira aqui dicas de Como ser relevante no Linkedin! […]

  2. […] como: Facebook, LinkedIn, Airbnb, Netflix, Dropbox, etc. Conseguiram bons resultados utilizando este método. Onde crescer […]

  3. […] Para quem está precisando de algumas dicas para aumentar a sua relevância no Linkedin, seguem algumas dicas nesse post do blog —> https://thaisnobile.com.br/dicas-para-ser-relevante-no-linkedin/ […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *